Seja au pair nos EUA de novo

4 au pairs contam por que decidiram reviver este sonho

Um ano pode parecer muito tempo. No entanto, au pairs que ficaram um ou até dois anos nos EUA, garantem que passa muito mais rápido do que se imagina. A maioria volta para casa querendo mais. O que muita gente não sabe é que dá para ser au pair mais de uma vez.

 

Basta ter concluído 12 meses (ou mais) de programa com sucesso e permanecido fora dos EUA por no mínimo 2 anos a contar da data de retorno para o país de origem. E olha que legal, dá para voltar para a mesma host family ou fechar o match com outra. Aproveite a chance de voltar para os EUA como au pair e viva a melhor experiência da sua vida mais uma vez, repleta de mais crescimento pessoal, aprendizado e momentos únicos.

 

Veja o que levou quatro au pairs a repetirem a experiência e o que tornou a segunda vez ainda mais especial.

Camilla- au pair dinamarquesa

 

Por que decidiu ser au pair pela segunda vez?

Assim que meu ano como au pair terminou, achei melhor não estender o programa pois achava que estava perdendo muita coisa longe do meu país. Não via hora de voltar para casa e retomar meus estudos, afinal todos meus amigos estavam fazendo isso. Mas estava completamente errada.

 

Assim que coloquei os pés em casa, me arrependi de ter voltado. Tudo continuava exatamente igual, aquela vidinha pacata e sem graça. Quanto aos estudos, percebi que poderia retomar a qualquer momento. Para piorar ainda mais a situação, sentia muita falta da minha host family.

 

Depois de um tempo, vi que o jeito era me conformar e voltei a estudar. Um ano antes de terminar os estudos, me dei conta de que o limite de idade para ser au pair nos EUA era de 27 anos. Não tinha certeza do que fazer depois que me formasse e para ser bem sincera, precisava de mais tempo para decidir.

 

Tomei coragem fui falar com a minha mãe. Respirei fundo e disse tudo que estava passando pela minha cabeça. Ela simplesmente respondeu: “Sabia que em algum momento você pediria para voltar. Os EUA se tornaram sua segunda casa. Não ligue para o que os outros vão pensar, a vida é uma só, siga seu coração”. Isso era tudo que eu precisava para voltar a ser au pair. Alerta de spoiler: foi a melhor decisão da minha vida!

 

Qual a principal diferença entre a primeira e a segunda vez? 

Eu diria que foi eu mesma. Na primeira vez eu tinha apenas 20 anos, embora me considerasse bem madura na época, sou muito mais segura hoje com 26. Desta vez eu sei exatamente o que esperar da host family e do programa. Minhas prioridades também mudaram. Atualmente, dou valor a cada momento com minha host family e quero viajar o máximo que eu puder. Tenho certeza de que os cursos que farei nas universidades daqui, serão muito importantes para minha carreira.

 

Eliana- au pair argentina

 

Por que decidiu ser au pair pela segunda vez?

Porque amei minha primeira experiência! Eu e minha host family nunca deixamos de nos falar, inclusive fui visitá-los em 2019 e convidada a voltar em 2020.

 

Qual foi sua principal motivação para retornar aos EUA?

Minha host family, é claro! Nos tratamos como uma família de verdade! Além disso, queria conhecer lugares que não consegui visitar na primeira vez e retornar aos que mais gostei.

 

Que conselho você daria para uma ex- au pair que está pensando em repetir a experiência?

Vá! É uma experiência completamente diferente, seja na mesma host family ou em outra.

 

Anna- au pair alemã

 

Por que decidiu ser au pair pela segunda vez?

Porque fui au pair de 2013 a 2014 e com certeza foi a melhor experiência da minha vida. Tive momentos incríveis com minha host family e fiz muitos amigos em Cincinnati. Passei por experiências inesquecíveis, viajei por todo o país e vivi meu sonho americano.

 

De volta à Alemanha, voltei a estudar mas sempre pensando em voltar aos EUA, minha segunda casa. Comecei a trabalhar no escritório local da Cultural Care fazendo reuniões com futuras au pairs e isso só aumentou ainda mais minha vontade fazer o programa novamente. Como cursei Ciência Política e Estudos Americanos, minha carreira envolve tudo o que diz respeito aos EUA.

 

Sua primeira experiência como au pair ajudou no novo processo de matching?

Com certeza. Outros fatores que também ajudaram foram eu ser um pouco mais velha e ter carteira de motorista há mais tempo.

 

Qual a principal diferença entre a primeira e a segunda vez? 

Devido à pandemia, algumas coisas estão sendo completamente diferentes. Mas outras permanecem iguais. Me refiro a conhecer uma nova família, se adaptar a um novo ambiente e encontrar seu lugar. Tudo isso continua igual.

 

A grande vantagem de voltar a ser au pair em meio à pandemia é o nível de relação que você acaba criando com sua host family. Eles são como irmãos mais velhos, adoro os momentos em família.

 

Que conselho você daria para uma ex- au pair que está pensando em repetir a experiência?

Vá! Sou extremamente grata por poder viver esse sonho americano novamente.

 

Laura- au pair austríaca

 

Por que decidiu ser au pair pela segunda vez?

A possibilidade de estudar online. Achei que o momento era ideal para ser au pair novamente porque poderia estudar online enquanto as crianças estão na escola. Os cursos a distância implementados pelas faculdades devido à COVID têm funcionando muito bem.

 

Sua primeira experiência como au pair ajudou no novo processo de matching?

Com toda certeza. Tive muitas visualizações no meu perfil. Várias famílias adoraram o fato de eu ter sido au pair há um tempo, ter experiência anterior com crianças e saber dirigir nos EUA.

 

Qual a principal diferença entre a primeira e a segunda vez? 

Ter ficado longe de casa em um ambiente completamente diferente cuidando de crianças, me ajudou a enxergar as coisas de outra forma. Desta vez estou tentando aproveitar meu tempo livre não só para estudar, mas para viajar e descobrir novos hobbies.

 

Se você quer voltar a ser au pair nos EUA, entre em contato para mais informações!

Cultural Care Au Pair
Cultural Care Au Pair
Somos da Cultural Care! Acreditamos que o intercâmbio cultural torna o mundo um lugar melhor, por isso nossa missão de vida é ajudar as au pairs a terem experiências enriquecedoras nos Estados Unidos. Quando não estamos ajudando as au pairs a viajar, aprender, crescer e viver a melhor experiência de suas vidas nos EUA, provavelmente estamos comendo doces de todas as partes do mundo e bebendo muitas xícaras de café.
    A line drawing of a gumball machine

    Faça a diferença, seja uma Ambassador do programa!

    Você pode ajudar a melhorar nosso programa e impactar positivamente a vida de outras au pairs. Se você é ou foi uma au pair, inscreva-se para participar do nosso programa Ambassador hoje.

    Cadastre-se agora