Nos apaixonamos durante nosso programa de au pair.

Uma grande amizade que se transformou em uma linda história de amor.

Vou ser sincera, nunca imaginei que conheceria meu grande amor durante meu programa de au pair nos EUA. Até estava aberta à esta possibilidade, mas confesso que esta era a menor das minhas preocupações. Achava que no máximo iria conhecer uns crushs americanos nas aulas da universidade, nas festas e nos jogos de beisebol. Realmente aquele ditado que diz: o amor acontece quando a gente menos espera, faz todo sentido. 

 

Nos conhecemos em Maryland, EUA, em maio de 2012Já fazia 6 meses que havia chegado e já estava pensando em estender meu programa por mais um ano. Um amigo comentou sobre um au pair que tinha acabado de chegar e que ainda não conhecia ninguémComo sou super sociável e sempre tive facilidade de fazer novas amizades, adorava receber os au pairs recém-chegados. Então, esse meu amigo me perguntou se eu não poderia apresentar outros au pairs pro Kevin e fazer um tour com ele pelo bairro. Então, prontamente liguei pra ele e perguntei se não queria ir numa festa, lembro que até ofereci uma carona. Bom, nosso santo bateu de cara e em pouco tempo nos tornamos grandes amigos! 

Tudo foi acontecendo naturalmente. Num piscar de olhos já estávamos nos vendo todos os dias. Passamos a ser o porto seguro do outro, principalmente nos momentos mais difíceis, longe de casa, dos amigos e da família. Demos muitas risadas e fizemos várias viagens. Saíamos sozinhos e também com amigos em comum. Queria aproveitar esta experiência como au pair ao máximo e achava simplesmente incrível ter um amigo como o Kevin pra compartilhar tudo isso. Pouco a pouco, ele foi se tornando a minha famíliauma das melhores coisas que aconteceu nos EUA.

 

O tempo passou voando e quando demos conta, nossa vida de au pair tinha chegado ao fim. A despedida foi extremamente difícil, meu coração estava dilacerado, pois não sabia que rumos nossas vidas iriam tomarse teríamos a chance de nos ver de novo. 

 

Ele voltou pra Alemanha e eu pro México, mas continuamos nos falando por Skype e trocando mensagens de texto. Um ano depois, ele foi me visitar no México e seis meses depois foi minha vez de ir pra Alemanha. Ficávamos mais apaixonados a cada encontro. Como disse, primeiro rolou uma grande amizade, passamos momentos incríveis juntos como a viagem de 32 horas de ônibus até as Cataratas do Niágara em pleno final de semana. Uma vez estávamos turistando em Nova York e pedimos pra um pedestre tirar uma foto da gente. Depois que ele tirou, disse que já podíamos nos beijar e ficou esperando cena romântica. O detalhe é que na época, éramos apenas bons amigos! Ficamos morrendo de vergonha, mas confesso que foi a melhor foto de todas. 

É engraçado, mas depois que o programa terminou, toda vez que encontrava o Kevin, sentia algo diferente. É como se aquele amor pelo meu melhor amigo tivesse se transformado em algo muito maior e mais forte. Até que um belo dia tomei coragem e abri o jogo! Pra minha sorte ele também sentia o mesmo. Três anos e meio depois da gente se conhecer, finalmente ele me pediu em namoro. Namoramos à distância cerca de um ano. Só me mudei pra Alemanha em 2016, depois que me formei. Acabamos de fazer 1 ano de casados e até hoje ele é meu melhor amigo, a luz da minha vida. 

Não imaginava que tudo isso iria acontecer comigo, mas quando você está aberta para novas possibilidadestudo pode acontecer!  

 

Sempre me pergunto como teria sido minha vida se não tivesse tomado algumas decisões. No início só de pensar em ficar longe da minha família e dos meus amigos por um ano, sentia um frio na barriga incontrolável. Confesso que tinha medo de ser au pair, começar uma vida novalonge de casa, nem sempre é fácil. É preciso muita coragem, mas garanto que vale a pena. Se eu tivesse me deixado dominar pelo medo, não teria conhecido minhas host kidsamigos de todas as partes do mundoFrança, Polônia, Suíça. Não saberia o que é viver em outro país, não teria me tornado tão independentenão teria tido o crescimento pessoal e profissional e o mais importante: não teria conhecido o Kevin. Esta escolha mudou minha vida completamente. Agradeço todos os dias por ter decidido ser au pair! 

A line drawing of a gumball machine

Compatilhe sua história!

Estamos procurando criadores de conteúdo apaixonados pelo programa para contribuir com nosso blog. Envie sua história hoje e compartilhe em primeira mão suas histórias da vida como au pair!

Saiba mais