• Dicas
Escrito por April 30, 2019

5 maneiras para se tornar parte de sua família anfitriã

Saiba como construir um forte vínculo de amizade com sua segunda família nos EUA

By Aliena Heimbrodt

Definitivamente morar com estranhos pode ser bem complicado (e este é o único pensamento que vem à nossa mente quando econtramos nossa família anfitriã pela primeira vez). E para piorar, ainda estamos bem longe de casa.

 

Então, qual é a melhor maneira de lidar com esta situação?

 

É simples e bem mais fácil do que você imagina, basta se esforçar para que este novo lugar seja verdadeiramente seu lar e fazer com que estas novas pessoas se tornem sua segunda família!

 

1. Passe mais tempo com sua família anfitriã

 

Pode até parecer bobagem, mas o que quero dizer é que você deve ficar com a família anfitriã além das 45 horas semanais que já fazem parte da sua carga horária semanal de trabalho.

 

A família anfitriã simplesmente adora quando a au pair prefere ficar com ela nas horas de folga. Isso não quer dizer que vocês precisam ficar grudados o tempo inteiro. Assistir a um filme juntas, estar presente na hora do jantar, visitar os avós no final de semana, ir à missa aos domingos de manhã, são pequenos gestos que demonstram a consideração que você tem pela família.

 

É óbvio que você não tem obrigação de fazer nada disso, mas só o fato de ficar com a família anfitriã uma ou duas vezes na semana, já é suficiente para perceberem o quanto você se importa com eles.

 

2. Esforce-se para fazer parte da família

 

Comporte-se como se você estivesse em casa. Esvazie a máquina de lavar louça mesmo nos momentos de folga! Não é sua obrigação, mas você também sujou alguns pratos, certo? Confie em mim, sua família anfitriã vai amar este tipo de iniciativa. Mesmo quando não estava trabalhando, adorava fazer alguns serviços domésticos. Sempre que possível ajudava a preparar o jantar e colocava comida para os cachorros.

 

No início será um pouco mais difícil, mas à medida que for se sentindo mais à vontade, comece a agir como se a casa também fosse sua!

 

3. Conheça-os melhor

 

O que gostam de fazer? Que tipos de filmes assistem? Quais são suas comidas preferidas? Provavelmente você irá descobrir tudo isto assim que começar a cuidar das crianças. Elas farão questão de dizer o que gostam. No entanto, é igualmente importante que você procure saber também o gosto de seus pais anfitrões, pois isso fará com que tenham assuntos em comum além de ser fundamental para construirem uma forte relação. Quem sabe vocês não comecem a assistir filmes de terror todas as quintas-feiras após descobrir que gostam de fortes emoções?

 

4. Procure ter uma boa relação com os parentes da família anfitriã

 

Simplesmente amo todos os amigos e parentes da minha família anfitriã! É tão bom saber que além deles há outras pessoas que também gostam de mim como se eu fosse da família. Mostrar o quanto você se importa, fará com queiram ficar com você nas festas de final de ano, aniversários e nas visitas regulares! Gigi (minha mãe anfitriã), se tornou minha melhor amiga. Adorávamos ir ao cinema e fazer a unha juntas.

 

É muito importante que você seja gentil também com as pessoas que sua família anfitriã mais gosta!

 

5. Sinta-se bem em sua nova casa

 

Não tem jeito, você irá passar o próximo ano da sua vida nesta casa. Então faça o que estiver ao seu alcance para se sentir bem. Deixe seu quarto com a sua cara. Que tal  colocar algumas velas perfumadas, espalhar uns porta-retratos ou enfeitá-lo com flores?

 

É muito importante que você tenha prazer em voltar para casa.

Mais popular

Mais sobre Dicas

A line drawing of a gumball machine

Compatilhe sua história!

Estamos procurando criadores de conteúdo apaixonados pelo programa para contribuir com nosso blog. Envie sua história hoje e compartilhe em primeira mão suas histórias da vida como au pair!

Saiba mais