• Dicas
Escrito por March 20, 2020

5 dicas para enfrentar momentos difíceis

Saiba como enfrentar momentos difíceis durante seu ano como au pair

By Melanie Ventura

Meu nome é Melanie, sou mexicana e ex-au pair da Cultural Care. O momento é delicado, podemos dizer que praticamente o mundo inteiro está em quarentena devido à COVID- 19. Sei que não é fácil passar por uma situação como esta, principalmente quando você está longe de casa e das pessoas que ama, sendo au pair em outro país. Quando fui au pair, tive que enfrentar dois momentos bem difíceis e gostaria de compartilhar minha experiência.

 

Quando estava morando nos EUA, meu México querido sofreu dois terremotos catastróficos, muitas vidas foram levadas e cidades inteiras destruídas. Era meu primeiro ano como au pair e nunca tinha passado por uma situação como esta antes. Os primeiros dias após o desastre foram estressantes, fiquei super ansiosa e sabia que minha família me queria por perto. Sinceramente, uma parte de mim estava pronta pra voltar. Tudo que eu queria era estar ao lado deles para ajudar a aliviar aquela dor. Mas o que fazer?

 

Estava precisando de apoio e quem sabe até de um abraço, então resolvi procurar a ajuda da minha LCC. Abri o jogo e falei sobre meus medos. Depois de me ouvir com toda atenção, ela me disse que a decisão de ir embora ou não, cabia somente a mim, mas que seu eu resolvesse ficar, ela faria de tudo pra ajudar a me sentir mais próxima da minha família e amigos do México. Aos poucos, fui percebendo que não adiantava me desesperar e que poderia ajudá-los mesmo de longe.

 

Foi aí que surgiu a ideia de criar uma campanha de arrecadação de fundos para o México. Uma maneira de ajudar meu país e também de expor meus sentimentos e curar minhas feridas. Não foi nada fácil, precisei ter muita coragem. O apoio que recebi das pessoas foi fundamental. Mas o fato de saber que estava fazendo algo, me ajudou a enfrentar melhor a situação. Servir como exemplo de força, superação e compaixão pras kids, foi o máximo.

 

5 dicas para enfrentar momentos difíceis

Alguns meses depois, tive que encarar mais um desafio. Em plena manhã de domingo, acordei com uma dor na barriga insuportável e fui levada imediatamente ao pronto-socorro. Estava com apendicite. Garanto que não é nada divertido ter que ser operada às pressas, longe de toda a família e do seu país. Antes da cirurgia, liguei chorando para meu hosto. Ele disse que estaria lá com minha hosta assim que amanhecesse, pois já era de madrugada. Passei uma semana no hospital, outra me recuperando e fiquei sem poder dirigir e fazer esforço durante um mês.

 

É lógico que toda esta situação me deixou fragilizada e frustrada. Mas sinceramente, algo dentro de mim continuava me dizendo que os desafios me tornariam uma pessoa melhor e que tudo isto era passageiro. Dito e feito.

 

Em outubro de 2018, meus dois anos como au pair chegaram ao fim. Quando olho para trás, vejo que as dificuldades foram apenas uma pequena parte desta experiência. Se eu colocar na balança: as amizades com pessoas do mundo inteiro, a oportunidade de estudar artes na renomada Tufts University e a fluência no inglês, é claro que valeu muito a pena. Durante os momentos difíceis, tive a sorte de contar com todo apoio que eu precisava e coragem para seguir em frente. Não me arrependo de ter ficado e com certeza esta experiência me fortaleceu.

 

Se você está passando por momentos difíceis devido à pandemia do Coronavírus ou por outros motivos, confira algumas dicas que me ajudaram.

 

1. Inspire e Expire! Preste atenção na respiração.

Pare por alguns instantes, preste atenção na sua respiração e reflita. É muito comum agirmos sem pensar quando estamos com medo e com a mente cheia de problemas. Quando a situação está fora de controle, é importante enxergar as consequências de cada decisão. Pense a longo prazo e em todos os envolvidos.

 

OK, eu decidi ficar, mas também não seria o fim do mundo se tivesse voltado pra casa. Lembre-se: o importante é ouvir seu coração e agir com calma, sem precipitação, pra não se arrepender depois.

5 dicas para enfrentar momentos difíceis

2. Lembre-se o que te fez chegar até aí.

Decidimos ser au pairs por uma série de razões: busca de aventuras, fluência no inglês, vontade de morar em outro país. Quais os motivos que fizeram você arrumar as malas e ir pros EUA? Faça uma lista de tudo que faz você querer ficar. Ninguém disse que seria fácil, mas você deu um grande passo e pode contar com uma rede de apoio inteira neste momento. Estamos com você!

 

3. Acredite, as coisas vão melhorar.

Quando os terremotos assolaram meu país, tudo parecia muito mais intenso. Mas aos poucos, a vida foi voltando ao normal e foi bom poder fazer a diferença. Fiz tudo que pude pra ajudar e mostrei pras crianças, que é possível fazer o bem, mesmo estando destruída por dentro. É importante dizer que nunca ignorei meus sentimentos, mas também não deixei ser dominada pela dor. Ocupe sua mente, faça seus hobbies preferidos e não cultive pensamentos negativos. Cedo ou tarde, essa situação vai melhorar e garanto que a sensação de ter superado tudo isso é gratificante.

 

4. Conversar é ótimo.

Meu aniversário foi uns dias após minha chegada aos EUA. Sabia que estava vivendo em um país com uma cultura diferente da minha, mas não tinha ideia do que isso significava até este dia. Estamos acostumados com abraços, beijos e naquela manhã, desci as escadas esperando por isso. Minha host family me deu feliz aniversário, mas sem nenhum alarde! E meu abraço? Fiquei arrasada. Foi então que descobri que tinha uma au pair da Colômbia perto de casa e fui até lá, sabia que ela ia me entender. Desde então somos melhores amigas. Não guarde seus sentimentos, afinal muita gente pode estar sentindo o mesmo! Não há mal nenhum nisso! Troque ideias com outras au pairs, seja pelas redes sociais, por mensagens de texto… Converse com sua família, ligue para sua LCC, não se isole!

 

5. Autocuidado faz toda a diferença!

Algo que me ajudou muito nos momentos de crise foi focar em coisas simples que estavam ao meu alcance: alimentação saudável, atividade física, meditação, enfim, ações simples que melhoram o corpo, a mente e alma. A falta de autocuidado só piora a situação. Sei bem como é se sentir vulnerável, com a sensação de que mundo vai acabar. Mas aos poucos, aprendi que expor meus sentimentos e cuidar mais de mim, ajudava a aliviar a pressão.

5 dicas para enfrentar momentos difíceis

Minha terapia era desenhar, é importante fazer algo que ocupe a mente, ter um momento só seu. Vinte minutos de alongamento dentro do quarto, máscara capilar (na internet têm vários tutoriais), ligar para uma pessoa que você gosta… tudo isto pode ajudar. Escute seu corpo, tenha uma boa alimentação e agradeça. Quanto mais você se cuidar, mais fácil irá enfrentar o que está por vir. Todo mundo merece ser bem cuidado e não há ninguém melhor pra fazer isto do que você.


Mais popular

Mais sobre Dicas

A line drawing of a gumball machine

Compatilhe sua história!

Estamos procurando criadores de conteúdo apaixonados pelo programa para contribuir com nosso blog. Envie sua história hoje e compartilhe em primeira mão suas histórias da vida como au pair!

Saiba mais